sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Blood Fury- J.R. Ward

Neste romance paranormal sexy, no mundo da Irmandade da Adaga Negra, a autora best-seller número um do The New York Times, J.R. Ward, conta a história de dois casais- ambos lutando para encontrar o amor em meio à guerra com a Sociedade Redutora.
Um vampiro aristocrata, Peyton está bem ciente de seu dever com sua linhagem: encontrar uma fêmea apropriada de sua classe e continuar as tradições de sua família. E ele acredita ter encontrado sua companheira perfeita- até se apaixonar por outra pessoa. No entanto, quando uma decisão rápida em uma batalha com o inimigo põe em perigo a vida de outro "Trainee", Peyton deve enfrentar a ideia de que seu futuro e seu coração realmente se encontram com outro.
Novo, como uma fêmea no programa de treinamento da Irmandade da Adaga Negra, parece querer provar a si mesma para todos, e ela não tem interesse em se apaixonar para se distrair. Mas quando Peyton prova ser muito mais do que um playboy rico, ela é forçada a enfrentar a tragédia que quebrou sua alma e a bloqueou de amar.
À medida que os dois lidam com o passado de Novo e o presente de Peyton, outro casal deve lidar com uma conexão erótica sem paralelo e potencialmente escandalosa. Saxton, que teve seu coração destruído, descobre em si mesmo uma atração profunda por Ruhn, um novo membro da família. Mas o outro homem explorará a conexão? (Mas o outro homem se entregará ao chamado?) Ou ele fechará sua mente e seu coração ao que poderia ser seu amor verdadeiro... E custará a Saxton tudo?


Hello,hello guys!
Olha quem voltou!
E voltei para falar desse livro pocante e mais desejado. Na espera por Blood Fury ou Fúria de Sangue, me senti como o Leo Dicaprio esperando o Oscar. Gente do céu! É muito amor.
O obstáculo é que só tem em inglês e só o Lassiter sabe quando sai no Brasil. Mas perai! Não fiquei seus me lascando naquela bósnia de curso para nada. Eu queria ler em inglês. Do you understend me?
Então, piquei a mula, fui acessar a Amazon e comprei meu ebook. A Ward é uma tarada por neologismos,marcas e gírias, mas vamos que vamos.
Olha, vou falar um negocio: esse livro é viciante. Eu tô assim num crazy love pelos personagens.
Primeiro quero falar da Novo e do Peyton. Eles vem desde Beijo de Sangue naquela coisa do te-quero-mas-nao-quero. Quase dá pra tocar Evidências do Chitaozinho e Xororo pra eles, porque minha amiga, nessa loucura de negar que não te quero... os dois resolveram baixar os muros de proteção e aproveitar tudo que podiam depois da experiência de quase - morte da Novo. Aliás, Novalina. Da pra ver bem que a família dela não prestava, olha o nome da moçoila? Prefiro Novo. É forte. Tem marca de personalidade.
Falando em família, Novo tem uma irmã. Ô bichinha detestável. Sophie é uma vaca! Detestei ela desde o primeiro momento.
Sabem aquilo de aparências enganam? Foi o que rolou com ela e Peyton. Aliás, quero este bofe lindo, loiro e charmoso no meu harém de 500 maridos literários. Peyton parece fútil e vazio, mas vamos descobrindo que ele é atormentado e vive com um pai desprezível.

Pobre menino rico? Titia dá colo, beijinho e abraço se vier ao meu cafofo.
Ele é compreensível, sensível, um macho de valor que se revela nesse livro. Era tudo que a Novo podia desejar para curar seus traumas do passado.
Agora vamos falar do casal que deu um piripaque na minha cabeça. Gente, eu tenho um crush pelo Saxton. Ele é inteligente, interessante, é lindo e tem bom gosto. Mas teve o azar de ter o capiroto do Tyhm como pai e de se apaixonar pelo ruivo delicia, Blay.
Como vimos em Amante Finalmente, Blay foi viver feliz da vida com Qhuinn e Saxton pegou os caquinhos de seu coração e tentou seguir em frente. Mas teve de fazer mudanças na vida, porque convenhamos, doia demais para ele ver o seu ex exalando amor. Não que ele se ressentisse da felicidade do ruivo delicia, apenas doia lidar com isso.
Mas as coisas começam mudar quando chega o novo armário da mansao. Ops, morador. Gentiii! Mas o que é esse Ruhn? Ele é grande, lindão, gostosão, faz desenhos incríveis. É de uma sensibilidade única. E é o tio da Bitty, a mocinha que Rhage e Mary adota no livro A Besta e conclui adoção em Blood Vow.
Mas voltando ao Ruhn, eu fiquei ensandecida quando a WardeN anunciou que ele seria o companheiro do Saxton. Pensei: como será? Como vai ser? Teci mil teorias e foi melhor do que imaginei.
Com a convivência mesmo limitada, os dois acabam ficando atraídos um pelo outro, embora não demonstrem nada. E o Sax faz a linha do gato escaldado, que não quer saber de ter o caco ínfimo que sobrou de si pisoteado por mais alguém. Só que, minha gente o Ruhn fica totalmente na do advogato. Dizem que homens de terno são irresistíveis... E ele da aquelas secadas no Sax mesmo achando que o outro não o aprova por ser um macho simples.
Então aí está armado o cenário para um amor que, na minha loucura de fã eu digo que é épico.
Esse armário megadeleitosofofoandveryveryhot displicentemente chega no advogato e solta a bomba: eu te quero gato. O que faço com isso?
Minha cara amiga, o que você faria? O que EU faria? Isso mesmo. Saxton cai dentro!
Olha, até eu queria cair ali no meio deles. Meu queixo caiu. Mentalmente eu disse: vai que é tua, Saxton! Mas se você deixar, eu vou junto, please!!!!

Genteeeee! Parei naquele beijo. E pensa que Ruhn é besta? Ele fala ou rosna: "mais". Olha Ruhn, nós também queremos mais. E o "mais" logo chega! OMG! Esse armário ultra hot é uma coisa de outro mundo mesmo. Ele vai pra Casa de Audiências onde o rei recebe os vampiros para tratar de problemas diversos e quando encontra o Sax sozinho rola Beijo, rola momento do contra... Contra a bancada da cozinha!

Minha santinha dos machos ardentes! Que é que é issssssoooo!?? 😨 Foi Beijo de língua, foi paletó rasgado, foi um vuco-vuco louco. E eu só na surdina espionando.

Só faltou o "me joga na parede e me chama de lagartixa", mas aposto que a peste da WardeN não quis mostrar isso pra gente. E esse menino servindo café da manhã ao Saxton, totalmente como veio ao mundo? Madrecita me abana, que esses tímidos e retraídos são os mocinhos mais fogosos da literatura! Runh é todo "estou com fome..." E ele nao esta falando de comida, minha amiga. Captou a mensagem???? Rolou a inveja roxa do Saxton, viu!
Nos leitores com nossos livros somos como o Big Boss do BBB : vemos tudo 
Esses dois são um casal lindo. Eu tô tão apaixonada por eles que quero jogar num potinho e bancar a Felicia daquele desenho Tiny Toons: quero abracarrrr e apertarrrrr e beijarrrr e amarrrrr.
Claro que nem tudo são flores né? Ou o livro dá 10 páginas e acaba logo. O Ruhn tem um segredo cabuloso no passado, mas quando ele conta o advogato, ele diz que não se sentiria digno se mentisse ao homem por quem está apaixonado. Ele é direto e sincero. Um amor. Tudo que o Sax merecia e precisava para se curar.
E tem uma ultra situação crítica no final, mas Ward resolve magistralmente. É preciso conflito para guiar a trama.
Eu adorei o livro. Super recomendo.
E vamos rezar pra ser publicado logo aqui nas Terrinhas Brasilis.

SÉRIE LEGADO DA IRMANDADE DA ADAGA NEGRA 1º Beijo de Sangue 2º Blood Vow ( sem previsão de lançamento no Brasil) 3º Blood Fury ( sem previsão de lançamento no Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adorei a sua visita!!!
Seu comentário é sempre bem vindo!!!
Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
E volte sempre!!!