quarta-feira, 11 de maio de 2011

Um Breve Vislumbre Da Época da Regência


" Olhando novamente para lady Alexis, ele decidiu agir. 
Aproximou-se do grupo de cavalheiros que cercavam a estonteante beldade e ficou diante dela.
Tomando sua mão para um beijo suave, disse:
_ Creio que esta e´a nossa dança milady.
E antes que ela pudesse dizer algo, ele já a estava levando para o meio do salão..."


Se você achou que eu "viajei na maionese", "pirei na batatinha"ou " perdi algum parafuso da cabeça"; bom eu não posso culpá-lo. Desde que me entendo por gente sempre tive uma imaginação hiper- fértil. kkkk
Mas convenhamos, quem nunca sonhou em dançar em um elegante salão de baile, com um belo cavalheiro, exatamente como descrito nos romances? Eu já. E confesso: Inúmeras vezes! Essa minha imaginação me dá asas e eu saio voando ao léu... kkkkk
A atmosfera existente nos romances da época da Regência é bem assim. Glamurosa, sensual...


Ler um Clássico Histórico é como abrir a porta para conhecer um pouco da Inglaterra num período de diferentes regências conhecidos como Era Georgiana (1714-1837) e Era Vitoriana (1837-1901), cada qual com suas próprias peculiaridades.
As vestes da Era Georgian/Período Regência, por exemplo, trazia para as damas desde vestidos marcados logo abaixo do busto, até o início do uso dos corsets, de decote reto e baixo, criando uma cintura fina e os quadris largos com saias cheias e armadas.Para os cavalheiros, a cartola era essencial, assim como fraques por cima de camisas de gola alta e calças colantes ( uia! imaginem como devia ser dificil esconder a sua "animação" das outras pessoas, kkk) por dentro de botas até o joelho.

Esse ai é um modelinho básico da época. Agora, vou adicionar a minha versão imaginária e romantica, kkk


Muito melhor não? kkkkkkkkk
Já a Era Vitoriana  trazia para as mulheres vestidos mais fechados, porém com o tronco bem marcado por corsets e saias mais justas na frente, formando pregas com uso de anquinhas para ressaltar a parte de trás dos quadris. Os homens usavam coletes, capas, lace jabot e outras gravatas clássicas, fraques acinturados e, claro, cartolas.




Lendo os romances do período da Regência, conhecemos várias ladies e os lordes eleitos por seus corações (ou impostos pela familia ou circunstâncias diversas), e acompanhamos suas aventuras em meio a aristocracia inglesa, circulamos por elegantes ambientes, frequentamos os bailes de gala, bem como as intrigas, escândalos, sofremos junto com eles e nos alegramos com o famoso " Final Feliz" ( é claro!)

Hyde Park, Londres

Royal Opera House, Covent Garden, Londres

Acompanhamos também os esforços da matronas  em arranjar um casamento vantajoso para suas filhinhas. kkk. Passeamos pelo Hyde Park, vamos a eventos no Royal Opera House, nos Jardins Vauxhall .
Uma coisa que chama a minha atenção e´que a maioria dos mocinhos sempre têm fama de libertino. Eu particularmente adoro os libertinos da Suzanne Enoch,kkkk. Eles são charmosos, divertidos, sensuais.. Já as mocinhas, como ladies comportadas que são ( hum!) devem manter-se longe dos libertinos e situações que comprometam sua reputação; elas devem preservar sua virtude e por isso sempre têm consigo uma acompanhante.
Embora as mocinhas dessas histórias devam permanecer inocentes (?) e intocadas, elas são mais tocadas do que corda de violão, kkkk. Quando se encontram com seus amados voam faíscas. Não importa se uma multidão os rodeiam. Sempre há uma alcova...


Um recanto escuro do jardim,para ocultar os breves e escaldantes encontros....

Na falta disso, sempre se pode recorrer ao uso da carruagem para beijos ousados e afins, kkkkk. As mocinhas, a princípio relutantes, acabam por se render e se jogam nos braços dos libertinos, kkkkk( Alguém ai leu Adorável Pecador, da Suzanne Enoch? Com um libertino como o Saint me rondando, é claro que eu me jogaria nos braços dele, kkk)
Saõ muitas as autoras que escrevem sobre o período da Regencia. Entre elas, Suzanne Enoch, já citada, Celeste Bradley e seus charmosos espiões dos Royal Four  e Liar's Club, Samantha Saxon e suas ladies espiãs, Leslie Lafoy, Sally MacKenzie. 
Acabei de descobri a inigualável Judith Mcnaugth.

Bjus meus.

9 comentários:

  1. Ah!É vdd...apesar de estar um pouco enjoada desse estilo por já ter lido muitas coisas dela... tenho de concordar que é uma epoca magica... Não podemos esquecer de citar Patrcia Grasso e seus Principes Russos... Terri Brisbin...Dentre muitas outras, pois essa é uma época muito abordada nos romances né???

    Adorei seu post

    Beijos Dark

    Lady Rá =*

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkk, Vdd, esqueci dos Kazanov! OMG!
    Eu adorei viajar pela época da Regência.
    Tem cada intriga, cada escândalo....
    E as alcovas, jardins e afins... kkk
    Bjus Lady Rá.

    ResponderExcluir
  3. Também amo essa época é maravilhosa cada vestimenta .os vestidos são magicos e os mocinhos então, com sua intrigas e escapulidas. para não dizer que os jardins eram verdadeiras maravilhas.beijinhos

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkk
    vdd Fran.Era cada coisa que acontecia nun jardim escuro...

    ResponderExcluir
  5. Tem meme pra vc no meu blog!!!!!

    ResponderExcluir
  6. amiga adorei a viagem que você fez pelos tempos da regência!
    adoro os mocinhos, mas acho um pouquinho chata a parte das damas de companhia...gosto mais dos romances com pegada(não que esses não tenha, mas é sempre com muita cautela ou escondido[aix não sei explicar])! mas gosto é gosto!!!
    beijão!!!!

    ResponderExcluir
  7. Vdd aquelas dama s de companhioa são um aborrecimento, mas elas não conseguem impedir os encontros dos mocinhos, :o

    ResponderExcluir
  8. :c Realmente há como driblar esse tipo de encomodo..como diz nossa amiga Lady Rá... As normas foram feitas para serem quebradas... então... libertino pra gente!!! :g

    ResponderExcluir
  9. :c
    concordo em genero, número e grau Rhaysa

    ResponderExcluir

Adorei a sua visita!!!
Seu comentário é sempre bem vindo!!!
Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
E volte sempre!!!