domingo, 8 de janeiro de 2012

Melodia Silenciosa - Série Georgiana 2/2 - Mary Balogh


 Melodia Silenciosa
Título Original: Silent Melody
Série  Heartless ou  Georgiana 2/2
Mary Balogh
Ainda não publicado no Brasil.

Lady Emily Marlowe era linda, selvagem e intocada. Ela não podia ouvir ou falar, que ela ouvia com os olhos e respondia com um sorriso. Ela estava noiva de um homem que a teria como uma linda posse, uma ouvinte cativa. Mas não havia apenas um homem para ela - o imprudente Lorde Ashley Kendrick, o amor de sua infância que inspirou suas fantasias - e depois partiu para a Índia e encontrou outro amor. Sete anos e incontáveis sonhos mais tarde, ele voltou para ela, e o amor nasceu com uma dança, um minueto que agitaram sua alma, uma canção tão apaixonada que não havia palavras...




Com uma imensa sensibilidade, Mary Balogh aborda o tema da deficiência auditiva.
Lady Emily Marlow é surda-muda desde que teve uma febre quando criança. Ela é cuidada e protegida com muito carinho pela família de modo a nunca se sentir inadequada por sua deficiência. Após o casamento de sua irmã Ana, com  Luke Kendrick, duque de Hardon(protagonistas de Implacável, que infelizmente ainda não pude ler), Emily passa a morar com o casal.
Apenas Ana, Luke e particularmente Ashley(o irmão mais novo de Luke) REALMENTE conseguem  entender a Emily quando ela tenta se comunicar e se esforçam para comunicar-se com ela. A amizade que nasce entre o Ash e a Emily é linda e tocante. Porém ,  o Ash vai embora para a Índia, quando Emily tem cerca de 14/15 anos. A separação é devastadora para ela, visto que, além de ser seu melhor amigo, ele é seu primeiro amor... um amor nascido da beleza da inocência... Eles encontram um no outro a sua alma gêmea. Mas o Ash recusa-se a reconhecer como algo mais o que sente pela Emily,para ele é e sempre será uma garotinha selvagem e adorável que sempre trouxe alegria e alento a seu coração.


 Asssim Ash segue sua vida na Índia e logo se casa, esquecendo-se daquela que era sua companheira e confidente.
Passados sete anos,  encontramos uma Emily transformada em uma bela mulher, e seu cunhado Luke, embora conheça seus sentimentos em relação a Ash e visando seus melhores interesses, tenta encontrar um marido para ela. Afinal, casada, Emily teria a oportunidade de ser independente, ter sua própria casa e não precisar dos parentes para o resto da sua vida. Luke ama Emily, mas os parentes que tem  autoridade sobre ela as vezes tentam limitá-la. Emily reluta ante esta proposta e quando  está prestes a aceitar o pretendente escolhido, Ash retorna...
Entretanto, Ash não é mais o jovem alegre e cheio de sonhos que partiu. Ele é agora um homem sombrio, atormentado pela culpa... devido a perda de sua família em circunstancias trágicas...Ele se  fecha em  um mundo de dor e solidão. Embora todos na  família tentem ajudá-lo, ele rechaça toda e qualquer aproximação. Apenas Emily consegue ultrapassar as barreiras  erguidas por ele, e, embora ele não consiga verbalizar a extensão de seu tormento e sofrimento, a Emily consegue confortá-lo.... se não com palavras, de outra forma, pelo menos.
Tá ai imaginando qual forma é né? kkkk é essa mesma que você pensou, cara amiga.
Porém, passado o momento balsâmico de conforto para sua alma atormentada, o Ash se sente extramente culpado por macular sua amizade tão pura com a Emily e arrastá-la para o poço negro que envolve sua vida, e para tentar remediar a situação, ele a pede em casamento.
Mas a Emily é muito destemida. Ela coloca o Ash pra suar a camisa! Afinal, ela quer que ele se case com ela por  amor e não por um mero senso de dever e responsabilidade. Mas o nosso mocinho cuticuti-cabeça- dura, embora se sinta atraído por ela, não consegue vê-la como uma mulher e amante. Ele só consegue vê-la como aquela menininha que lhe fazia companhia.
A partir deste ponto, o Ash enfrenta uma verdadeira cruzada para transpor a barreira que o separa de Emily. Uma barreira de silêncios, pois as palavras que ele quer ouvir não podem ser ditas e as que ele quer dizer não podem ser ouvidas.
Considero este um livro muito especial. Ele me fez refletir em como nós simplesmente esperamos que as pessoas a nossa volta se adaptem aos nossos moldes, ao invés de aceitarmos as mesmas como elas são, sem reservas e aprender com as diferenças. Os personagens do livro  se preocupavam em sempre ensinar algo a Emily. A irmã dela a ensinava a se comportar como uma dama.... o cunhado a  ensinou a ler e escrever.... o Ash insistindo que ela aprendesse a formar palavras e a falar. Embora fossem bem-intencionados, eles tentavam moldá-la ao seu modo de pensar ao invés de aprender com ela no seu muindo de silencio.
E o Ash por fim compreende isso e passa a enxergá-la como realmente é. Emily é uma mulher forte, apaixonante, apaixonada pela vida de suas nuances tão belas e diferentes... selvagem e sensível ao mesmo tempo.
Melodia Silenciosa é um linda história de amor, que mostra como a aceitação do outro, bem como enxergar o mundo com o olhar da pessoa amada pode ultrapassar as deficiências físicas e emocionais. Meu maior desejo é que ele seja publicado aqui no Brasil.
Enquanto estava compondo essa resenha, me veio a mente uma música que creio ser perfeita para o Ash e a Emily:





Não existiria som
Se não houvesse o silêncio
Não haveria luz
Se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim,
Dia e noite, não e sim...
Cada voz que canta o amor não diz
Tudo o que quer dizer,
Tudo o que cala fala
Mais alto ao coração.
Silenciosamente eu te falo com paixão...
Eu te amo calado,
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz.
Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer...
A vida é mesmo assim,
Dia e noite, não e sim...
Cada voz que canta o amor não diz
Tudo o que quer dizer,
Tudo o que cala fala
Mais alto ao coração.
Silenciosamente eu te falo com paixão...
Eu te amo calado,
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz,
Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer...





Série Heartless ou  Georgiana:
 1.Heartless-- Implacável --->Luke Kendrick e Anna Marlowe
2.Silent Melody-- Melodia Silenciosa --> Ashley Kendrick e Emily Marlowe




Website da Autora.

Um comentário:

  1. Um dos meus livros favoritos... a Mary Balogh é minha paixão... só escreve histórias perfeitas... essa é muito linda ♥

    ResponderExcluir

Adorei a sua visita!!!
Seu comentário é sempre bem vindo!!!
Comente, opine, se expresse. Este espaço é seu!
E volte sempre!!!